quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Que dignidade é essa?


Depois do acordo mais descarado da História da República entre o STF, a Câmara, o Senado e o presidente Temer para aumentar subsídios dos ministros "supremos", numa barganha que bandidos teriam pudor em fazer, o presidente do time, Toffoli, disse que "dignidade" da Justiça estava em jogo pela situação de carência de seus vencimentos mensais de R$ 33 mil. Nunca ninguém jamais verá cinismo igual. Se gostar deste vídeo, dê um like, inscreva-se no meu canal, clique no sininho para ser avisado quando produzir e editar os próximos e me acompanhe diariamente no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão e em meu site Nêumanne Estação (www.neumanne.com). de segunda a sexta no Estadão Notícias no Portal do Estadão, às 6h, e no Jornal Eldorado da Rádio Eldorado FM 107,3 (eldorado@estadao.com.net), às 7h30m, e esporadicamente no Estadão às 5 aqui mesmo no Youtube. Direto ao Assunto. Inté e Deus é mais.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

DESAFIOS DE BOLSONARO, IDEOLOGIA, RIO MAFIOSO E QUEEN





02:26 - Ideologia pra quê?

07:57 - Quem é Olavo de Carvalho?

16:24 - O que é que a educação precisa?

30:58 - DEM: morreu, mas passa bem

38:18 - Amigos, amigos, negócios à parte?

48:49 - Tribunal do tráfico

01:11:13 - Hinos do Queen

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

A bomba para Bolsonaro. William Waack comenta


Aumento para ministros do Supremo nem é o pior problema. Novos governadores já passam o pires em Brasília, enquanto vários setores da economia pedem algum tipo de ajuda. 
Reforma previdenciária nos estados terá de ser ainda mais dura do que da União. País fatiado em interesses corporativistas vai exigir grande capacidade de articulação política.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

A ataques Folha responde com altivez e tranquilidade, diz secretário de Redação



Aos ataques do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que tem dito que a mídia é sua adversária e que a Folha é a maior indústria de fake news do Brasil, o jornal responde com "altivez, tranquilidade e transparência", diz o secretário de Redação Roberto Dias.
Durante conversa no estúdio da TV Folha  nesta segunda-feira (29) com a repórter de Poder Thais Bilenky , o secretário disse que uma sociedade democrática exige mecanismos de controle para que essa democracia funcione bem.

Discurso de Bolsonaro com papo anticomunista tacanho foi infeliz , diz Reinaldo Azevedo




Para o colunista da Folha Reinaldo Azevedo, o primeiro discurso de Jair Bolsonaro (PSL) transmitido pela internet na noite de domingo (28), pouco após o resultado da eleição, foi "absolutamente infeliz". 

"O primeiro discurso, com uma estética Al Qaeda, de bunker, foi absolutamente infeliz. Hostilizou a imprensa e veio com aquele papo anticomunista tacanho, falando do risco de socialismo, esquerdismo", disse o colunista.

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Os nomes do governo Bolsonaro - Jornal Nacional edição de 31/10/2018 Quarta Feira


O principal telejornal brasileiro, "Jornal Nacional", traz as principais notícias do Brasil e do mundo. Exibido no horário noturno, de segunda-feira a sábado, estão em sua pauta atualidades, matérias de denúncia e investigação, séries especiais, os fatos mais importantes do dia e os acontecimentos que terão repercussão no dia seguinte. Após chegar à final do Emmy Internacional sete vezes em nove anos, em 2011 o "Jornal Nacional" ganha o primeiro prêmio na categoria "notícia" pela cobertura da expulsão dos traficantes e a ocupação policial do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, em novembro de 2010.

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

O preço de promover e apostar no caos. Editora Abril esta a beira da falência!

Esta semana, a Editora Abril, onde a Veja era a joia da coroa, na prática, faliu. Os herdeiros, já netos, do imperador Victor Civita, foram varridos da direção por ordem dos bancos credores da empresa. 
À beira do colapso, uma vez que a Editora Abril passou a ser administrada por empresas especializadas em recuperação judicial. Em dificuldades financeiras a Editora Abril, responsável por publicações como Veja e Exame, anuncia encerramento de 10 títulos e demissão em massa de pelo menos 570 jornalistas. 
O jornalista Renato Bazan relata como a defesa cega do anti-petismo levou a editora Abril, dona da revista Veja, ao estado falimentar em que se encontra. Responsável pela revista Veja, que ajudou a semear a campanha de ódio contra a presidente deposta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, a Abril anunciou seu novo comando: a consultoria Alvarez & Marsal, especializada na reestruturação de dívidas de empresas em situação pré-falimentar; o jornalismo de guerra de Veja contribuiu para a destruição da própria economia brasileira, que encolheu quase 10% nos últimos quatro anos; com a mudança, os irmãos Giancarlo e Victor Civita foram afastados da empresa que seu bisavô fundou... Que vexame!

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Quem são as promessas que podem brilhar na Copa do Mundo | FC Barcelona



Jovens que disputarão seu primeiro Mundial podem surpreender e brilhar, mesmo com pouca idade. Alguns nomes que merecem fazer parte dessa lista. Kylian Mbappé (França) – 10 jogos, 1 gol Foto:ReutersAtacante parceiro de Neymar no PSG terá 19 anos durante a Copa do Mundo, mas promete ser o grande nome da França. Estreou pela seleção principal…
via Quem são as promessas que podem brilhar na Copa do Mundo — VEJA.com

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Seguidores